sábado, outubro 28, 2006

WGA no office


Apesar de pouco conhecido, o WGA já existia, para instalação voluntária, para o Microsoft Office, desde Abril deste ano, porém, assim como no Windows o WGA passará a ser obrigatório.

Mas de agora em diante para baixar add-ons do MSOffice, será necessário que o WGA esteja presente e ateste que a cópia é original.


A partir de janeiro de 2007, até para usar a atualização automática será necessária a validação da cópia, via WGA.

Caso o usuário não consiga validar a licença através do WGA, mas possua provas de compra da licença, deverá enviar os CDs e cópias das notas para a Microsoft para que esses CDs sejam trocados por cópias válidas.

Esta medida está sendo tomada para proteger usuários que compraram cópias piratas, achando que estavam comprando cópias legais e pagaram os devidos valores pela licença (não adianta mandar a cópia do camelô).

Não foi informado, mas acredito que com esta medida a Microsoft passe a ir atrás das empresas que vendem cópias falsas, tentando acabar com uma parte grande do problema, já que muitas cópias são falsificadas.

Os usuários que não puderem provar que compraram suas cópias terão que pagar as devidas licenças do produto.

Quais serão os próximos passos da Microsoft no combate a pirataria?

Será que usará o mesmo sistema que incluirá no Vista para reduzir funcionalidades?

Fazer com que os aplicativos só possam ler arquivos?

Nenhum comentário: