quarta-feira, maio 30, 2007

Dicas - Classes gramaticais

1- Certos verbos possuem pronomes pessoais átonos que se tornam partes integrantes deles. Nestes casos, o pronome não tem função sintática (suicidar-se, apiedar-se, etc.).

2- Formas rizotônicas (tonicidade no radical - eu canto) e formas arrizotônicas (tonicidade fora do radical - nós cantaríamos);

3- Para se certificar de que uma palavra é artigo, troque o gênero do substantivo posterior. Se o suposto artigo não mudar de gênero, pertence à outra classe;

4- Se o numeral vier antes do substantivo, será obrigatório o ordinal (XX Bienal - vigésima, IV Semana de Cultura - quarta);

5- Os pronomes pessoais são sempre substantivos ;

6- Os pronomes oblíquos tônicos devem vir regidos de preposição. Em comigo, contigo, conosco e convosco, a preposição com já é parte integrante do pronome;

7- Os pronomes de tratamento estão enquadrados nos pronomes pessoais. São empregados como referência à pessoa com quem se fala (2ª pessoa), entretanto, a concordância é feita com a 3ª pessoa;

8- Também são considerados pronomes de tratamento as formas você, vocês (provenientes da redução de Vossa Mercê), Senhor, Senhora e Senhorita;

9- As palavras onde (de lugar), como (de modo), por que (de causa) e quando (de tempo), usadas em frases interrogativas diretas ou indiretas, são classificadas como advérbios interrogativos;

10- São locuções adverbiais: à direita, à frente, à vontade, de cor, em vão, por acaso, frente a frente, de maneira alguma, de manhã, de repente, de vez em quando, em breve, etc. São classificadas, também, em função da circunstância que expressam;

11- Bem e mal admitem grau comparativo de superioridade sintético: melhor e pior. As formas mais bem e mais mal são usadas diante de particípios adjetivados. (Ele está mais bem informado do que eu);

12- A última palavra da locução prepositiva é sempre uma preposição, enquanto a última palavra de uma locução adverbial nunca é preposição

Um comentário:

padu disse...

e aí cara, blz?
acho q vc nao entendeu direito aquele comentario meu. nao tava falando de erros de portugues. eu tava falando era de pontuação. é q vc escreve direto às vezes. mas de boa tbm.. eu escrevo tudo errado de todas as formas possiveis.
mas era apenas uma critica construtiva pra melhorar o blog.
eu soh tava pensando no motivo dele ter apenas 180, 200 visitas por dia. pq eu acho q tem potencial pra muito mais.
aí pensei em fatores q poderiam ajudar a melhorar. esse da pontuação (pq é estranho ler um texto todo corrido), e o do layout.
e como eu ja disse: se precisar de ajuda (por falta de tempo) é soh falar.
então tão.