sábado, abril 26, 2008

Saiba o que é BIOS, CMOS e SETUP

BIOS (Basic Input/Output System): é um software gravado em um chip da placa-mãe, onde se encontram as informações básicas para que o sistema entre em funcionamento (boot). Ele roda uma série de rotinas, que testam rapidamente cada item do sistema, como memória, placa de vídeo, teclado, drives, etc. O software do Bios é feito sob medida para sua placa-mãe e chipset, para que possa realmente controlar o boot da máquina e possa rodar todos os testes.

Setup: o setup é o programa a qual o usuário tem acesso para modificar as configurações da BIOS de acordo com o sistema implementado (de acordo com o hardware instalado na sua máquina, como memória, hard-drives, cache, etc) e de acordo com o seu desejo de modificar endereços do tipo IRQ ou DMA, etc. Esses dados ficam gravados no CMOS (Complementary Metal Oxide Semicondutor), que é uma memória RAM embutida geralmente no chip da BIOS e que dificilmente ultrapassa os 128 bytes. Essa memória é volátil, ou seja, ela só se mantém ali se for constantemente alimentada com energia. Por isso, existe uma bateria que a alimenta, e que precisa periodicamente ser trocada. Mas não se preocupe com isso, pois essa bateria dura de 5 a 10 anos, e até lá provavelmente você já trocou sua placa-mãe.

POST (Power on self test): quando ligado, a BIOS faz vários testes no hardware instalado para ver se está tudo bem. Começa pelas memórias, processador e placa-mãe, depois vídeo, discos, etc. Caso você ligue seu computador e não apareça nada no vídeo, é provável que seja um problema de memória ou de processador. Esse teste é feito a cada boot que seu computador dá.

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito interessante o post.
obrigado